Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Abril, 2004

o futuro dos weblogs

Na sequncia da BloggerConII, Nico Macdonald escreve, no The Register, um artigo que me parece muito relevante, uma vez que analisa a retrica dos pioneiros sobre a blogosfera.
Depois de admitir que o crescimento do weblogging um desenvolvimento genuinamente positivo na rea da comunicao acrescenta que as discusses sobre o tema so, no mais das vezes, falhas de ambio e, sobretudo, de auto-crtica.
Assim sendo, deixa algumas sua conta:

If Weblogging is the answer, as so many claim it is, what was the question? (…) I am not arguing that all technological developments must answer a known question. Rather that we shouldnt invent questions where they were never posed. We should avoid the habit of the man with a hammer who always sees nails“.

In some ways Weblogging is a response to contemporary phenomena. One phenomenon is the disappearance of civic organisations and forums for public engagement and debate. A more important phenomenon is the rise of the confessional culture, in which people increasingly make their lives public and share their experiences. If the volume is kept down, this latter tendency can provide one with a more rounded and engaging picture of Weblog writers who one might not otherwise know well. But frequent and often trivial postings are more therapeutic for the author than they are informative for the reader. Intimacy and confession are for friends and family, and their appearance in Weblogging doesnt merit celebration“.

Sugesto de Dan Gillmor.

Read Full Post »

mais do que mil palavras

O experiente responsvel pela delegao do USA Today em Bagdade, Cesar G. Soriano, escreveu ontem a Jim Romenesko sobre uma foto publicada na primeira pgina do Seattle Times que o impressionou. A foto foi tirada por uma norte-americana, que trabalha na rea militar da cidade do Kuwait.
Disse Soriano: “My heart sank when I saw Tami Silicio’s photograph of the flag-draped coffins in the airplane in the Seattle Times. For those of us here in Iraq who cover the casualty reports on a daily basis, it’s too easy to think of U.S. soldiers as simply statistics on a board game. Her powerful image also proves the stupidity of the DOD’s rules against such photographs. Having said that, I just hope Ms. Silicio doesn’t lose her job over this. I’ve seen how dirty the Pentagon can play, as an Army vet and as a journalist“.
A foto diz, de facto, muito…sobre a tragdia e sobre a leviandade.
(Recorde-se que uma lei de 1991 – cujo cumprimento risca, pela actual administrao norte-americana, est agora a levantar, de novo, polmica entre os jornalistas – impede que se fotografem ou filmem as urnas de soldados mortos em combate, com base na seguinte motivao: “perturba os familiares enlutados”. Ler mais aqui.)

Read Full Post »

jornalismo e “jornalismo”

O Jornalismo e Comunicao, sempre atento, revelou-nos, em tempos diferentes, dois novos blogs (este e este ) que, na sua opinio, configuram facetas de uma nova realidade da actividade da produo de informao.
O tema foi retomado pelo Ponto Media e pelo ContraFactos. J hoje, o J&C lanou o desafio aos jornais – para que tomem como seu o tema – e deixou no ar a seguinte ideia: “Eu gostava que este debate se mantivesse aberto, porque podemos correr facilmente o risco de matar quase nascena aquilo que o mais interessante que pode ocorrer, quando a polmica se instala: aprendermos todos com a experincia e as reflexes de um lado e de outro“.
Concordo e c estou a marcar presena, embora me parea que devo, desde j, deixar algumas marcas no terreno.
(more…)

Read Full Post »

Será disto que se fala quando se fala no potencial dos weblogs para gerar novas cadeias de relacionamento humano, novas redes sociais e, sobretudo, uma cidadania mais participativa.
Éum weblog ambiental, como mais de 50 mil visitas por dia.
Sugestão de Dan Gillmour.

Read Full Post »

Reportagem multimdia

O portal JornalismoPortoNet figura, aqui ao lado, na lista de links por vrias razes: porque uma experincia singular em Portugal, porque desenvolvido por jovens com grande potencial e grande empenho e porque acompanhado por profissionais de qualidade.
Fica aqui, a ttulo de exemplo, a ligao para uma reportagem multimdia sobre a censura (a propsito do 30 aniversrio da revoluo do 25 de Abril) desenvolvida pela Carina Branco.

Read Full Post »

Blogar pode ser jornalismo?

No uma pergunta nova, mas teve agora um novo impulso com um debate acalorado em torno desta apresentao de Jay Rosen.
Rebecca Blood, Dave Winer e J.D.Lassica – todos com argumentos diversos.
A no perder.

Read Full Post »

Jornalismo participativo pode melhorar media tradicionais

O conselho que Leonard Witt d aos media tradicionais simples – no deitem fora a informao que, cada vez mais, est acessvel nestas novas formataes de contedo (como os weblogs)…reciclem-na.
Num primeiro rascunho de um trabalho que est a elaborar com Chris Waddle e
Ken Sands, Leonard Witt aponta algumas medidas que podem, via uma mais estreita cooperao entre media e pblico/produtor, aumentar a quantidade e a qualidade da informao disponvel. E uma delas – parece-me – uma ideia muito boa. Retomando o que j havia escrito Jeff Jarvis, Witt diz que seria importante criarem-se (num esforo conjunto dos media e das universidades) centros de cidadania para os media, onde se possibilitaria a um vasto nmero de pessoas o contacto com os mtodos e as tcnicas do jornalismo. Estes potenciais ‘jornalistas hiperlocais’ seriam, ento, capazes de produzir informao de maior rigor para uso nos seus prprios formatos mas tambm para eventual partilha com os media de expanso mais generalizada.

Read Full Post »

Falhas de inteligncia

A propsito do post de ontem, sobre o tratamento dispensado aos jornalistas estrangeiros pela actual administrao norte-americana, recomendo hoje a leitura do artigo de opinio que Adlai E. Stevenson escreve no NYTimes.
Porque, em ingls, se usa a expresso ‘intelligence’ nas referncias aos servios de informaes, Adlai opta por nos explicar, com base na sua vasta experincia, que o principal problema em poltica est nas falhas de ‘inteligncia’, mas da outra, da mais prosaica.
Um excerto s:
Studies have recommended reforms of the intelligence community. But reform does not change the limited nature and function of intelligence. There is no substitute for the pragmatic intelligence of policy makers acquired from history and experience in the real world and the courage to act on it. (…)The failures of the Bush administration are not those of foreign intelligence but of a cerebral sort of intelligence“.

Read Full Post »

Encorajar o debate entre jornalistas e os seus pblicos

A organizao independente britnica, Press Wise, lanou mais uma iniciativa para encorajar o debate franco entre os jornalistas e os destinatrios do seu trabalho – fruns de discusso.
We believe that press freedom is a responsibility exercised by journalists on behalf of the public“, diz-se na pgina de lanamento dos fruns. O mais recente tem por tpico a pergunta: “Deveria o exerccio do jornalismo ter uma clusula de conscincia?”

Read Full Post »

land of the free…jornalistas ficam de fora

H alguns dias atrs chamou-me a ateno a notcia de que as autoridades norte-americanas estariam a impedir ao mximo o acesso de jornalistas estrangeiros ao pas. No se vislumbra uma justificao plausvel e assinala-se – sem grande espanto – que reputados e responsveis jornalistas da nossa praa, como Jos Manuel Fernandes ou Luis Delgado (para referir apenas dois exemplos ao acaso) no tenham ainda encontrado um espao, nos seus mltiplos lugares de opinio, para fazer referncia ao assunto.
grave – uma e outra coisas.
O AllAfrica.com revelou ontem que um famoso (e premiado) jornalista sul-africano, Zane Ibrahim, foi retirado fora de um avio, chegada a Baltimore, e interrogado durante cerca de 12 horas sobre o seu trabalho como…jornalista.
Zane deslocava-se aos Estados Unidos, a convite do Goucher College, para proferir uma palestra sobre os 10 anos da democracia no seu pas.
Inqualificvel.
Sintomtico.
Tanta arbitrariedade em mos to nervosas e limitadas d mesmo medo.

Read Full Post »

Microsoft tem weblog

J tem uns dias. A Microsoft ter pensado: de que forma podemos ns, neste perodo de tantas notcias ms (hoje mesmo, a propsito da multa aplicada pela UE, o comissrio Mario Monti considerou-a “o mnimo necessrio“), tentar chegar directamente aos utentes, sem a interferncia dos media? Soluo: um weblog, este.
Uma breve passagem por l deixou-me com a seguinte impresso: parece to orgnico, to naturalmente nascido, to expressamente aberto s opinies…que soa a produto, dos melhores e mais bem pensados. Serei pobre e desconfiado…

Read Full Post »

Jornalismo Online – simpsio

Comea hoje, na Escola de Jornalismo de Austin – Universidade do Texas, o quinto simpsio internacional sobre jornalismo online. Sero debatidos temas como “o estado do blog-jornalismo” e o evento vai poder ser presenciado, distncia, aqui.

Read Full Post »

Amazon entra nos motores de busca com o a9.com

Foi uma entrada de sendeiro. De mansinho. Sem grandes lanamentos nem grandes festas. Mas coisa assinalvel – a Amazon entrou no negcio dos motores de busca com o seu A9.com.
Para j usa tecnologia do Google, mas pode vir a mudar.
Soube disto no Guardian.

Read Full Post »

jornalista acidental

Blog de um britnico que se considera jornalista acidental e que acaba de regressar do Iraque.
(link conseguido na sequncia da informao anterior)

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 29 outros seguidores