Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 17 de Janeiro, 2006

Porque ser que – segundo indica a CNet – a Google comprou uma empresa especializada em ‘solues digitais’ para o mercado radiofnico, a dMarc?
J temos Google video…podemos vir a ter Google audio? Ou ser s porque assim se aumenta o potencial publicitrio?

Encontrei a informao no blog de Steve Yelvington.

Anúncios

Read Full Post »

Lloyd Shepherd, vice-director das publicaes digitais do Guardian, acaba de escrever um post com base na seguinte ideia: se partirmos da percepo de que num site como, por exemplo, o Digg, os votos de 50 dos seus cerca de 140 mil utilizadores registados so suficientes para fixar uma sugesto na primeira pgina, o que nos pode dizer isto sobre o real nvel de participao?
Na prtica, como calculou Shepherd, isto significa que uma informao chega ‘primeira’ com base na escolha de – em mdia – 0.035% dos utilizadores e isso fora, naturalmente, o uso de alguma prudncia na discusso destes assuntos e o afastamento de expresses como “a comunidade acredita que a histria importante“.
Como nos sugere ainda este homem do digital numa casa que , a todos os ttulos, exemplar, esta reflexo leva-nos ainda a uma outra, sobre o peso relativo dos 50 utilizadores do Digg na sua comunidade face estrutura editorial (seus processos e ferramentas) de uma empresa jornalstica enquanto intrprete dos interesses da sua prpria comunidade.
Qual ser mais representativa?

Read Full Post »

O argumento de Simon Dumenco tem a sua lgica: porque hei-de ser um ‘blogger’ por escrever textos numa determinada ferramenta e no ser ‘worder’ ou ‘word-perfecter’ por escrever textos numa outra?
Ou seja, na sua opinio, isto de ser um blogger no faz muito sentido:
There is no such thing as a blogger. Blogging is just writing — writing using a particularly efficient type of publishing technology“.
Mas ento:
So why does the idea of the blogger as The Other continue to persist? Because many bloggers, of course, like the idea of being all alterna; its a point of pride, a tenet of the blog community (whatever that is), that bloggers are superior to the musty, lumbering, out-of-touch traditional media. And for traditional-media types, blog/blogging/bloggers are variants of a sort of linguistic armor — labels that allow old-school-ists to convince themselves that they are the true professionals, and they neednt radically alter the way they work (i.e., work way faster, interact constantly with readers, be vastly more voracious, etc.) to compete with the amateurs, the arrivistes“.
A ideia de fundo – a importante, a que devemos reter de todo este processo – a seguinte:
Ultimately, it comes down to this: In the very near future, there are only going to be two types of media people: those who can reliably work and publish (or broadcast) incredibly fast, and those … who cant“.
E no ter sido sempre assim?
Encontrei a indicao para o texto no Cyberjournalist.net.

Read Full Post »

Blogs – livro

Lanado no final de 2005 est j venda em Espanha e nalguns mercados da Amrica Latina este Blogs – La conversacin en Internet que est revolucionado empresas, medios y ciudadanos, da autoria de Octavio Rojas, Julio Alonso, Jos Luis Antuez, Jos Luis Orihuela e Juan Varela.
O livro tem ainda um blog de apoio.

Read Full Post »