Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Junho, 2007

Blogosfera plural?

A mais recente edição da Business Week apresenta um dossier especial sobre a Web 2.0, com o título genérico “Children of the Web”. Vale a pena passar os olhos nos slideshows mas vale também a pena observar com atenção uma infografia que nos apresenta as trinta mais activas cidades na blogosfera (com base em informação do Feedburner).

Facilmente se percebe que só quatro cinco dessas cidades são na Europa (Madrid é uma delas, como indica a Tiscar Lara) mas facilmente se percebe também que mais de 76 por cento da blogosfera considerada para o efeito fala uma só língua, o inglês. Mais ainda – 60 por cento dela está circunscrita a um país, os Estados Unidos.

Importa ter isto bem presente sempre que sentimos a tentação de encher a boca com palavras fortes sobre a blogosfera.

Anúncios

Read Full Post »

O fim da Rádio – II

Nem de propósito.
Depois do post anterior faz todo o sentido mencionar aqui um estudo recente produzido pela empresa Bridge Ratings, nos Estados Unidos.
Nele se indica que a chamada ‘geração Y’ (nascidos entre 1980 e 1993) tem um consumo de produtos mediáticos muito mais substancial do que gerações anteriores e que isso acontece, sobretudo, por causa da sua aptência para a multi-tarefa.
A geração referida (e, adiantaria eu sem grande receio, todas as seguintes) concilia sem dificuldade (aliás, parecem não saber fazê-lo sequer de outra forma) a utilização de vários suportes, dividindo atenções, em simultâneo, por exemplo, entre o trabalho para a escola, a música, o telefone móvel e uma conversa online.
O curioso do estudo – e daí a relevância tópica – é o facto de apontar a escuta de rádio com uma das actividades que mais atrai este tipo de jovens.
Ouvir rádio há muito que deixou de ser uma actividade exclusiva. A rádio aprendeu a conviver bem com a perda do monopólio de atenção e tem, por isso mesmo, uma natureza muito fluida – ideal, pelos vistos, também para os novos tempos e os novos consumos.
Se se confirmar que assim é, a rádio até poderá bem ter que mudar…mas não desaparece tão cedo.

Informação recolhida num artigo da eMarketer.

Read Full Post »

O fim da Rádio

Quando surgiu a televisão foram muitos os que vaticinaram o fim da Rádio.
Ora essa, então como poderia um meio tão limitado fazer face a algo tão poderoso – a rádio com imagens?
Nem pensar. Era coisa de meia dúzia de anos.
Mais de 50 anos depois a rádio ainda cá está.
Está a rádio e estão muitos dos mesmos raciocínios.
Extracto do DN de hoje, sobre um debate que teve lugar na Sociedade Portuguesa de autores:

“A rádio vai morrer muito em breve e só a publicidade é que decidirá por quanto tempo é que ela se mantém” (citação de Luis Filipe Costa).
(…)
Luís Filipe Costa argumentou que o estado actual da rádio deve-se “às novas tecnologias, como a Internet ou o iPod”. Também António Sala revelou reservas sobre o futuro deste meio de comunicação, mas para o comunicador a televisão é a grande responsável. “A televisão esmaga a rádio, é uma luta desleal”, afirmou o comunicador, profissional da Rádio Renascença.

Read Full Post »

A falta que faz Sena Santos

A propósito do reaparecimento público de Sena Santos (bem sei que há o podcast) – com uma coluna diária no DN – Eduardo Prado Coelho escreve hoje no segundo caderno do Público:

(…) lembro-me muito bem do que eram as manhãs informativas da Antena Um com Sena Santos: um verdadeiro festival de conhecimentos, imaginação e cultura.
(…)
Para mim, não há dúvida de que todos nós teríamos a beneficiar com o regresso de Sena Santos à rádio. O próprio, porque merece uma segunda oportunidade. E os ouvintes, porque teriam um ritmo informativo, uma qualidade de escuta, uma vertigem de entrevistas e comentários que dão à rádio a força que nem sempre encontramos.

Subscrevo por inteiro.

Read Full Post »

Congresso da WAN – cobertura blogger

Termina já amanhã, na Cidade do Cabo, o congresso da WAN (World Association of Newspapers) que acontece em simultâneo com o World Editors Forum.
Numa das sessões falou-se da integração de redacções, numa outra falou-se de complementaridade entre a produção para o papel e a produção para o online.
Dois bloggers estão a apresentar posts diários com base na sua leitura dos acontecimentos de cada dia de trabalhos:

Media in Transition, de Vincent Maher

Matthewbuckland.com

As fotos estão a ser agregadas num grupo do Flickr.

Informação recolhida aqui.

Read Full Post »

Redacção multimédia do NYTimes

O NYTimes prepara-se para ter uma nova redacção.
plano aberto (com mobiliário que garante alguma privacidade) e sinais muito expressivos de convergência de meios (‘Supervisors’ no centro, ‘Multimedia’, ‘Photos’ e ‘Webvideo’ bem perto do centro e ‘AP TV’ com um espaço substancial).
Vale a pena ler o texto que escreveu este fim de semana o La Nacion sobre a mudança em curso naquele jornal.

Correcção (06.06.2007): Com este post – porque me esqueci de confirmar a informação – enganei quem me lê. Peço desculpa. Embora o La Nacion fale, de facto, das mudanças no NYTimes, a planta que aqui se apresenta é a da Associated Press, tal qual como foi tornada pública em meados de Maio no Editors Weblog.
Infotendencias já corrigiu e eu faço agora o mesmo.

Read Full Post »