Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Maio, 2009

O candidato do Partido Socialista ao Parlamento Europeu, Vital Moreira, anunciou esta tarde a sua adesão ao Twitter.
Como se percebe nos seus primeiros passos e também na forma como a ‘notícia’ chegou a todo o lado o referido político logo tratou de rentabilizar ao máximo essa sua presença, deixando para segundo plano a tarefa bem menos apelativa…de perceber a ferramenta!

20090519_Vital_Twitter_W
Notas de observação:

1. A designação da conta é ‘vitalmoreira09’ sugerindo, naturalmente, uma ligação forte à campanha eleitoral mas sugerindo também que a presença não durará muito mais do que isso.

2. A ferramenta está – pelo menos até agora (imagem recolhida pouco depois da 20h00 de hoje) – a ser usada apenas como mais um canal de divulgação das actividades do candidato; Vital Moreira é já seguido por quase duas centenas de pessoas…mas não segue ninguém.

Então a ‘rede’, Sr. candidato? A ‘rede social’? A proximidade? A partilha?

Será mesmo só falta de jeito de quem aconselha esta gente?

Anúncios

Read Full Post »

Thomas Baekdal escreveu, em finais de Abril, um post que tem imagens muito poderosas (das tais que valem mais do que mil palavras) retratando mais de 200 anos de consumos de media por períodos (desde o ‘face a face’ até futuristico ‘a tradição acabou’).

20090515_ThomasBaekdal_Where do we get our news from_1
[Sugestão inicialmente recolhida n’O Lago]

Read Full Post »

IAMCR-2010 em Portugal

iamcr_homeA International Association for Media and Communication Research acaba de anunciar aos seus membros que a conferência anual da organização, em 2010, terá lugar na Universidade do Minho, em Portugal.
É o seguinte o texto da mensagem:

“IAMCR’s Executive Board and International Council have selected the University of Minho, Braga, Portugal to host IAMCR’s 2010 conference.
Proposed dates are from 18-22 July, 2010.
More details about the Portugal conference will be announced during this year’s conference in Mexico”.

É a primeira vez que a IAMCR escolhe Portugal para receber aquela que é, anualmente, a maior reunião mundial de investigadores em comunicação.

[Post replicando conteúdo apresentado no J&C]

Read Full Post »

Recomendo a leitura de um post, de Dale Peskin, que sendo absolutamente centrado na realidade norte-americana não deixa de ter transposição – pelo menos na ideologia de gestão dos media que parece denunciar – na Europa e, em particular, em Portugal. Diz ele que o modelo de negócio milagroso que tantos procuram para fazer face à crise só pode passar pela criação de mais e melhores conteúdos…e que isso se faz com jornalistas.
Excertos:

“Sometime soon, the publishers are going to figure out the next problem: they neither have enough good content that’s worth selling nor sufficient talent to produce it.
Once again, publishers are about to learn new realities from the Internet. The first is that you can’t produce enough content to supply it. The second is that the content you do produce probably isn’t worth what you think. The third is that the competition is fierce”.

Read Full Post »

E tu, quanto ganhas?

É um exemplo de um excesso.
Mas é um exemplo ‘bom’, porque cumpre duas funções: 1ª) mostra-nos que mesmo os mais experientes, ao serviço de uma das empresas com regras mais rigorosas, podem ter um ‘dia não’; 2ª) sendo ‘boa televisão’ é ‘mau jornalismo’.
Durante uma entrevista a um deputado britânico, sobre o muito polémico tema das despesas pessoais pelas quais os membros do parlamento terão pedido reembolso ao Estado, a jornalista da BBC, Carrie Gracie, entra num beco sem saída e vê-se forçada a revelar quanto ganha…
Vodpod videos no longer available.

more about “Video: BBC journalist reveals salary …“, posted with vodpod

[Sugestão recolhida aqui, via Twitter]

Read Full Post »

Ter, no segundo dia de vida do jornal, um texto com chamada na Home sob o título “O que os blogues dizem sobre o i” pareceu-me uma boa ideia.
Vi e pensei – sim senhor, estão a começar a abrir-se à pluralidade de vozes na comunidade que querem que seja também sua!
Puro engano.
Nada disso.
Só se apresentam (à hora a que escrevo este post, 16h00) excertos de opiniões tendencialmente positivas sobre o jornal.
É mau demais; é triste demais para ser verdade.
Novo jornal, nova redacção, novos formatos – pensamento velho.

(Por favor!) Escrevam lá nas paredes novas, da nova redacção, a trabalhar num novo produto a frase que tornou célebre o senhor Gillmor: “OS UTILIZADORES SABEM MAIS DO QUE NÓS SABEMOS” (ou seja, não podemos continuar a tomá-los por papalvos!)

E tentem dar uma volta no Twitter com estas hashtags – #ionline e #ijornal…

Read Full Post »

No J&C apresentei já a minha apreciação global sobre o novo jornal generalista, o i‘.
Aqui – seguindo a sugestão de um dos responsáveis pela empresa que ajudou a conceber o jornal, Juan Giner: “Show, don’t tell”) – vou deixar imagens que mostram a enorme semelhança entre o design do diário português e a revista britânica Monocle, lançada há cerca de dois anos.
Compartimentação

Detalhes de paginação (côr / apontadores numéricos)


Nota: O negócio dos jornais vive – como sempre viveu – de permanentes reinvenções; ser original não pode ser nunca um objectivo em si mesmo e copiar fórmulas com sucesso pode até ser sinal de perspicácia.
Apesar disso, sinto que – também nesta área – novo, novo, mesmo novo…o i não é.
E podia ser.

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »