Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Março, 2007

Hiperlocal: solução ou problema maior?

Uma das opções mais consensuais do momento para que o Jornalismo se mantenha relevante revolve em torno de uma ideia-chave: o hiperlocal (ver este artigo na American Journalism Review). Ou seja, o jornalismo deve (levando até mais longe do que originalmente pensado propostas teóricas próximas do jornalismo cívico) apostar no fortalecimento da sua ligação à comunidade que serve. Deve reformar a sua agenda, deve procurar ferramentas e modalidades de aproximação.
À superfície não se encontra grande problema na proposta.
Afinal de contas, não é numa lógica de serviço aos outros que opera o imaginário profissional?
Mas importa pensar no que fica de fora.
O que fica de fora no produto que vai ser apresentado aos leitores e, sobretudo, o que – com a natural reincidência – fica de fora do chamado conhecimento partilhado que constitui parte estruturante do funcionamento em sociedade.
Ou, como diria, num post com tanto de curto como de preciso, Mark Deuze:

In other words: is hyperlocal journalism the kind of news that particularly, exclusively, serves the paranoid middle class in their gated communities? And thus, in doing so, is journalism really contributing to dismantling that what it always claimed to be providing: a society’s social cement?

É por causa de posts como este (e de muito mais que escreveu em artigos académicos e livros, naturalmente) que Mark Deuze se tornou leitura indispensável para quem pensa estes temas.

Read Full Post »

Videolectures – será que pega?

Um You Tube direccionado para a investigação – é isso que pretende ser o Videolectures.net, um espaço onde se reunem já palestras, excertos de conferências e aulas de algumas centenas de cientistas de todos o mundo (encontrei duas do Tim Berners-Lee, uma do Chomsky e uma de um matemático português).
Não passará de uma experiência, como diz Pablo Mancini, mas não custa nada pensar também nela como sinalizadora de uma tendência (como prefere dizer Daniel Martí Pellón, em cujo Comunisfera encontrei a informação original).

Read Full Post »

Caro Sr. Director…

Leandro Zenoni escreveu, na edição argentina da Newsweek, um provocatório texto dirigido a um não nomeado Director de jornal.
Começa por pedir desculpa pelo incómodo, mas justifica-se: precisa de lhe falar dos que anunciam, para breve, “a morte do papel”:

Los impertinentes y atrevidos aseguran que, en realidad, el papel ya murió y que sólo presenciamos una suerte de velorio prolongado a modo de agradecimiento por tanta felicidad e información brindada durante décadas. Sin ir más lejos, la revista Life acaba de anunciar que saldrá en papel por última vez en abril. Y que después pasará a estar presente únicamente en la Web. Sin embargo, los optimistas (como el propietario del influyente The New York Times, Arthur Sulzberger), en cambio, le alargan la vida al papel unos cincos años más. Paso a resumirle la causa principal de semejante noticia: Internet.

O que faz deste um texto irónico é precisamente a impertinência deliberada do excesso.
Muitos dos que, até agora, o comentaram parecem, no entanto, não concordar comigo…e por isso mesmo recomendo também a a leitura desses comentários 🙂

Read Full Post »

Porque tem tanto sucesso o You Tube?

Michael Wesch e o seu grupo de ‘etnógrafos digitais’ andam em busca de respostas para uma pergunta simples: “Why do you tube?”
A primeira tentativa parece um promissor ponto de partida:

Humans are social creatures, and television doesn’t support this trait, youtube however does.  I would hypothesize that youtube is stealing television viewers and re-involving them into their own world.

Read Full Post »

Primeira rede editorial de blogs em PT

Abre hoje, oficialmente, as suas portas a rede “Tubarão-Esquilo“, um grupo de blogs que se assume “como como um projecto editorial profissionalizante: os autores são remunerados em função dos resultados alcançados, remuneração esta assente, na fase de arranque, nas receitas de publicidade“.

A rede é liderada por Paulo Querido e conta já, entre os seus membros, alguns bloggers nacionais de grande qualidade (o Pedro Fonseca, o Leonel Vicente ou o Ricardo Bernardo, só para referir os três que conheço melhor).
Não sendo um projecto inédito na blogosfera – ‘Gawker media’ talvez seja o exemplo que atingiu maior saliência – é-o em termos nacionais e tem a seu favor ainda um outro aspecto que considero essencial: a transparência (diz-se, na nota de apresentação, claramente o que é a rede e de que forma são os seus colaboradores remunerados).
É um passo novo para os blogs, um passo que decorre da sua natural mutação de estatuto: de ferramenta de uns poucos a ferramenta mainstream (para indivíduos, para grupos e associações e para empresas).
Parabéns aos Paulo e votos de sucesso para a rede.

…e será que se encontra nalgum post perdido a explicação para o nome? 🙂

Read Full Post »

Bill Kovach na UM

Com o tema genérico “Novos Media – uma Babel às costas” começam amanhã, dia 27, as X Jornadas do GACSUM (Grupo de Alunos de Comunicação Social da Universidade do Minho).
Este ano, para além de reunirem um lote de convidados de reconhecido mérito e competência nas suas áreas específicas, as jornadas vão também incluír – na quarta-feira, dia 28, às 11h30 – uma conferência (em colaboração com o Clube de Jornalistas) de Bill Kovach, co-autor do livro “Os elementos do Jornalismo”.
Na apresentação que Joaquim Fidalgo fará do conferencista não faltará, por certo, a referência aos (9) “elementos do jornalismo” – aqueles que Kovach considera os ingredientes essenciais para o correcto e adequado exercício da actividade nos tempos de hoje:
1. A primeira obrigação do jornalismo é para com a verdade.
2. O jornalismo deve manter-se leal, acima de tudo, aos cidadãos.
3. A sua essência assenta numa disciplina de verificação.
4. Aqueles que o exercem devem manter a sua independência em relação às pessoas que cobrem.
5. Deve servir como um controlo independente do poder.
6. Deve servir de fórum para a crítica e compromisso públicos.
7. Deve lutar para tornar relevante e interessante aquilo que é significativo.
8. Deve garantir notícias abrangentes e proporcionadas.
9. Aqueles que o exercem devem ser livres de seguir a sua própria consciência.

O programa detalhado das sessões está aqui (todas elas acontecem no anfiteatro do edifício EII, junto ao Instituto de Ciências Sociais).

Read Full Post »

Encontro Multimédia em Coimbra

A licenciatura em Multimédia do Instituto Superior Miguel Torga (ISMT) promove o seu I Encontro na próxima quarta-feira, dia 28, na Casa da Cultura de Coimbra.
O objectivo será o de reunir profissionais das várias áreas do Multimédia e discutir novas ideias, numa altura em que se tornou evidente o potencial de crescimento da indústria dos conteúdos.
Neste sentido, o desafio é debater as intertextualidades do Multimédia. Os três painéis de convidados centram-se nas seguintes temáticas: O Mercado do Multimédia; e-Conteúdos na Web 2.0; Desafios do Design para o Ecrã.
Mais informações aqui.

Read Full Post »

Older Posts »